fechar menu 

Um Noivado em Jerusalém: O encantador Waldorf Astoria Jerusalém

 
 

Durante a nossa estadia em Jerusalém fomos orgulhosamente convidados do Hotel Waldorf Astoria Jerusalém. Situado no coração da Cidade Santa a poucos minutos a pé da zona antiga da cidade e perto também da porta de Jaffa o hotel tem uma arquitetura que compreende diferentes estilos e culturas e uma fachada com 90 anos extraordinariamente conservada e aproveitada.

 
 

No entanto, é ao entrar no lobby que nos sentimos num verdadeiro filme de Hollywood. É de cortar a respiração! Os espaços amplos e altos, os enormes candeeiros, a decoração extraordinariamente bonita e dois restaurantes separados com jardins interiores que nos fazem lembrar esplanadas dentro do próprio hotel.

 
 

Os vários pisos visíveis do hotel assim que entramos, fazem lembrar um romance de Romeu e Julieta. Não sabemos se é a cor da fachada ou se são os arcos que compõem os corredores (remanescência do estilo Grego que aqui se observa), só sabemos que é lindíssimo.

 
 

Sabem quando surge uma vontade enorme de usufruir de cada pormenor? É o que acontece assim que entramos neste espaço luxuoso, confortável e intimista. Como se não bastasse todas as qualidades visíveis do hotel, o staff que o compõe é de uma simpatia e disponibilidade que nunca tínhamos visto. Pessoas acessíveis e prestativas, entusiastas com o que estávamos e prevíamos ali fazer. Sentimo-nos uns privilegiados.

 
 

Sentimo-nos protagonistas de um filme, ao entrar numa banheira de espuma pela manhã e relaxar ao som de uma música que soa do espelho da mesma casa de banho. Sim, era uma televisão inserida no espelho desta divisão. Nunca tínhamos visto igual. Abrimos as janelas para completar o cenário e ficamos deslumbrados com aquele conjunto de experiências que só um hotel como o Waldorf Astoria poderia oferecer.

 
 

Acordar cedo é tudo aquilo que apetece fazer quando temos oportunidade de estar num hotel como este e numa cidade como Jerusalém. É um misto de vontades que nos assola. A de querer aproveitar e conhecer uma realidade única lá fora e querer usufruir dos espaços que tão bem contextualizam essa mesma realidade. Uma borboleta no estômago aparece quando o sol bate na janela pela manhã e nos convida a sair das confortáveis camas para nos mostrar uma vista maravilhosa sobre os históricos e emblemáticos lugares da Cidade Santa.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Quando descemos para tomar o pequeno almoço, em cada manhã que ali tivemos oportunidade de estar, surgia um conjunto de estímulos no nosso cérebro que automaticamente nos faziam sentir gratos. Poderia ser o cheiro único que em todo o hotel se faz sentir, as flores, os brilhos dos cristais dos candeeiros, os azulejos no chão enquanto esperamos no elevador, a mesa linda do pequeno almoço à nossa espera ao som de música clássica. O bom dia que recebemos de cada colaborador era uma dádiva porque são realmente encantadores. Os sabores do pequeno almoço, esses só experienciando. Desde os vários tipos de pão (fresco e crocante), o cheiro dos bolos acabados de fazer, os croissants, panquecas e waffles, passando por uma enorme mesa de frutas suculentas, uma grande variedade de queijos franceses e frutos secos, ainda tínhamos a versão do pequeno almoço inglês e por fim a do típico pequeno almoço israelita. Tudo é feito e disposto com um brio irrepreensível. Os sumos naturais eram o concentrado de energia para mais um dia feliz e bem-sucedido.

 
 

Durante a nossa experiência neste espaço encantador, em conversa com os colaboradores acabámos por perceber que aqui se fazem festas de casamentos. Podem imaginar o que será casar na cidade Santa e festejar com os vossos convidados sob a luz de candeeiros enormes cujos cristais brilham mais que a própria luz, em salas amplas e decoradas como num casamento real e entre paredes seculares que se falassem contariam tanto? Pode acontecer tudo isto no Waldorf Astoria em Jerusalém. Eu e o André não hesitamos em vir terminar a nossa sessão em Jerusalém neste espaço encantador e ficámos com vontade daqui a alguns anos vir celebrar um aniversário especial de casamento talvez com os nossos filhos e alguns convidados. É realmente um sonho!

 
 

Só há uma coisa a apontar neste hotel, a hora do check out, porque despedir do espaço e das pessoas é algo que nos custa sempre quando a experiência é tão positiva quanto a nossa o foi.

 
 

No entanto, será sempre um até breve.

Para reservas acedam a este link: Waldorf Astoria Jerusálem.

honeymooners, Jerusálem 03/2018

Publicações relacionadas

0 Comentários

Segue-nos!

Não percas nenhuma aventura dos honeymooners: